sexta-feira, janeiro 07, 2011

para olímpia, aniversário

   
entre-sorris o tempo, os sais
de mar e cinza.
entre-calas os cais, os portos
de livro e mais.
entre-dizes o amanhã, os ais
de lugar e futuro.
entre-estás no aqui, neste nenhum
espaço, que é todo.
entre, o instante por vir, do
acontecido, do passado
para ti, na distância, no
incrivelmente perto.
entre-és assim, à medida
do amplo, do senso
e do quase.
      

2 comentários:

cadernodamaisaltatorre disse...

lindo.

olimpia disse...

Piero, quase me joguei no Etna quando vi o poema...Não vejo a hora de fazer aniversário de novo!
Obrigada.