sábado, março 20, 2010

velas, tu

   
à margem da vela deixada,
a fazedora permanece, em si,
estanque rota. simplesmente.
o tempo, ausência de imagem,
coroa o pavio, a cera -
contradiz o lume, em
sombra-de-palavra -
em pingos e sangue derramado;
corpo, esse intruso, con-
dizendo-se ver, para fora, cirro,
o derrame, desvelo:
espaço escondido, nos
braços, carcomidos de
mudez.
                                              

Um comentário:

Fabi disse...

saudades, piero. bom te ler sempre.